Temperaturas baixas, aumento de nebulosidade, mas sem chuva. É, pelo menos, a previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para a passagem de ano. Em declarações ao Observador, a meteorologista Maria João Frada explicou que uma “descida gradual da temperatura” vai começar a sentir-se já este domingo, na região centro-sul e só irá estabilizar no primeiro dia do ano.

[Este domingo], a temperatura mínima já sofreu uma pequena descida durante noite. A máxima vai refletir uma pequena descida. No dia 1, teremos já valores nas temperaturas máximas que são compatíveis com os valores médios para esta altura do ano — porque as temperaturas máximas têm estado acima do que é normal”, explicou.

A meteorologista diz ainda que está previsto um “aumento de nebulosidade, eventualmente com neblinas e nevoeiros um pouco mais generalizadas” que se podem sentir “não só no nordeste transmontano e beira alta”, mas também “na região da grande Lisboa e no Porto”. “Um pouco por todo o país”, rematou.

Quanto ao vento, prevê-se “fraco, incluindo também na noite da passagem de ano”, adianta ainda a meteorologista Maria João Frada.