Foi um total de 10,6 mil milhões de euros que os jogadores asiáticos gastaram em apostas online apenas relativas às competições portuguesas de futebol, durante a temporada passada. Entre eles, a China surge como a maior apostador, escreve o jornal Público (conteúdo pago). Os dados, a que o diário teve acesso, foram recolhidos pela multinacional Sportradar, uma empresa de monitorização de apostas online e que tem entre os seus clientes a FIFA, a UEFA, a NBA, a FIA ou o MotoGP.

O foco dos asiáticos está essencialmente nos jogos da I Liga, mas as diferentes competições portuguesas são alvo de apostas. Se na I Liga os apostadores orientais arriscaram 6,8 mil milhões de euros (a uma média de 22 milhões de euros por partida), na II Liga apostaram 2,3 mil milhões (a uma média de 7,5 milhões por encontro).

Seguiu-se a Taça de Portugal, com 910 milhões (11 milhões por partida), a Liga Revelação com 507 mil milhões (perto de dois milhões por jogo) e o Campeonato de Portugal (competição amadora) com 74 mil milhões (pouco mais de 111 mil euros por partida).