A Sérvia apurou-se esta segunda-feira para os quartos de final da ATP Cup em ténis, depois de somar um segundo triunfo em outras tantas jornadas na nova prova de seleções.

Os sérvios são os segundos apurados para os quartos, juntando-se aos anfitriões da Austrália, num dia em que Espanha, Croácia e Japão também se mantiveram invictos. No Grupo A, a Sérvia precisou do “match tie break” no encontro de pares para somar a segunda vitória na prova e assegurar o apuramento, com Novak Djokovic, número dois mundial, e Victor Troicki a baterem os franceses Nicolas Mahut e Edouard Roger-Vasselin.

Antes, Benoit Paire tinha colocado os gauleses em vantagem, ao vencer Dusan Lajovic, com Djokovic a empatar, com um triunfo sobre Gael Monfils. A Sérvia lidera a “poule”, à frente de Japão e da África do Sul, que se estreou a vencer, com um triunfo por 3-0, sobre o Chile, que ainda não ganhou.

A Espanha, liderada pelo número um mundial Rafael Nadal, somou o segundo triunfo por 3-0 na competição, com triunfos de Roberto Bautista Agut e do maiorquino sobre Franco Roncadelli e Pablo Cuevas, respetivamente. No encontro de pares, a Espanha cedeu o primeiro “set” na prova, mas Pablo Carreño Busta e Feliciano López venceram Ariel Behar e Juan Martin Fumeaux no match tie break.

A Espanha lidera agora o Grupo B, com dois triunfos, tal como o Japão, que impôs, esta segunda-feira, a segunda derrota à Geórgia, por 2-1, com Yoshihito Nishioka e Go Soeda a assegurarem a vitória nos encontros de singulares, antes de os georgianos vencerem os pares.

No Grupo E, a Croácia também assegurou o segundo triunfo, ao vencer a Polónia, por 2-1, num confronto apenas decidido na partida de pares. Na mesma ‘poule’, a Áustria conseguiu a primeira vitória, ao bater por 3-0 a Argentina, que tinha vencido a Polónia na estreia.