O cantor Armando Gama foi detido pela GNR por suspeitas de violência doméstica, na terça-feira por militares do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), unidade da GNR de Lisboa, que havia recebido as queixas, noticia o Correio da Manhã nesta segunda-feira.

A vítima é uma mulher de 30 anos, que é companheira do músico há sete anos e com quem Armando Gama tem um filho de 5 anos. De acordo com o jornal, o NIAVE recebeu queixas relativas a um clima de coação psicológica a que o músico sujeitava a mulher.

Alegadamente, Armando Gama, que em 1983 venceu o Festival da Canção, impedia a mulher de arranjar emprego e de conviver com amigos, tendo agredido a companheira diversas vezes em frente ao filho.

Os militares da GNR deslocaram-se à casa de Armando Gama, em Mafra, na tarde de terça-feira, tendo detido o músico quando este regressou ao fim do dia.

O cantor passou a noite de terça para quarta-feira no posto da GNR de Pero Pinheiro e foi presente a juiz na manhã de quarta-feira, no Tribunal de Sintra. Saiu em liberdade, mas ficou proibido de contactar com a vítima e foi obrigado a mudar de casa.

O músico de 65 anos é conhecido sobretudo por ter vencido o Festival da Canção da RTP em 1983 com a música “Esta Balada Que Te Dou“.