O australiano Toby Price (KTM) tornou-se esta quinta-feira o primeiro piloto a repetir uma vitória nas motas na 42.ª edição do Rali Dakar de todo-o-terreno, ao vencer a quinta das 12 etapas da prova, na Arábia Saudita.

O piloto da KTM gastou 3:57.33 horas para cumprir os 353 quilómetros do setor seletivo de uma tirada que tinha um total de 564, deixando o chileno Pablo Quintanilha (Husqvarna), segundo, a 1.12 minutos. O norte-americano Andrew Short (Husqvarna), antiga estrela do supercrosse americano, fechou o pódio, a 2.31. Paulo Gonçalves (Hero) voltou a ser o melhor português, terminando na 10.ª posição, a 13.52 minutos de Price.

O dia ficou ainda marcado pela desistência do britânico Sam Sunderland (KTM), um dos candidatos à vitória, devido a uma queda que lhe provocou lesões nas costas e num ombro.

Com estes resultados, o norte-americano Ricky Brabec (Honda) manteve a liderança da categoria das motas, com 9.06 minutos de avanço sobre Price, que ascendeu ao segundo lugar. O argentino Kevin Benavides (Honda) é terceiro, a 11.32.

Na sexta-feira, disputa-se a sexta etapa do Dakar, entre Hail e Riad, com 830 quilómetros, 477 deles cronometrados, antes do dia de descanso, no sábado.