Pelo menos seis pessoas morreram e três ficaram gravemente feridas no desabamento de uma mina na província da Zambézia, no centro de Moçambique, disse esta sexta-feira à Lusa a polícia moçambicana.

O incidente ocorreu cerca das 02h00 (00h00 em Lisboa) de quarta-feira, numa mina abandonada da zona de Muiuane, no distrito de Gilé, quando as vítimas procuravam pedras preciosas, disse o porta-voz da Polícia da República de Moçambique na província da Zambézia, Sidner Lonzo.

“Peritos estão no local a analisar a situação, tendo em conta que estamos na época chuvosa o solo está instável, é preciso alguma cautela”, declarou Lonzo, acrescentando que as autoridades reforçaram as medidas de segurança no local para evitar casos similares.

As vítimas viviam nos arredores da mina que, quando estava operacional, era usada para a exploração de vários minérios, com destaque para a tantalite.

A mineração ilegal em Moçambique tem estado a preocupar as autoridades moçambicanas e as empresas do setor. A província da Zambézia é uma das que regista mais acidentes.

Entre novembro e dezembro do ano passado, sete pessoas morreram devido à mineração artesanal ilegal naquela província do centro de Moçambique, de acordo com dados do Ministério do Recursos Minerais e Energia.