O rapaz de 17 anos que esfaqueou um colega de 16 anos na Escola EB 2,3 de Santa Bárbara foi esta terça-feira detido pela Polícia Judiciária por ser suspeito de um crime de homicídio qualificado na forma tentada. Vítima não corre risco de vida.

“Na ocasião, o arguido, movido por desejo de vingança, surpreendeu a vítima e agrediu-a com uma arma branca na região da face e das costas, não lhe provocando a morte por mero acaso”, pode ler-se no comunicado enviado pela PJ às redações.

O detido, que, segundo o mesmo comunicado, conta com um “registo escolar marcado por episódios de violência, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas”.

A agressão ocorreu na manhã de segunda-feira, tendo a vítima sido transportada ao hospital de São João, estando fora de perigo, segundo fonte da GNR do Porto em declarações à TVI.

No local estiveram os Bombeiros de Gondomar e a GNR de Fânzeres.

Artigo atualizado no dia 21 de janeiro, às 11h10, com a detenção do suspeito