Se o Model 3 é o modelo mais acessível da Tesla, um familiar de quatro portas com 4,6 metros de comprimento, similar pois a um BMW Série 3, o 911 Carrera S é um desportivo de respeito, um coupé com apenas dois lugares para adultos (mais dois para crianças “elegantes” e de tenra idade atrás). Daí que dificilmente fosse possível encontrar concorrentes mais díspares. Mas isso não impediu os responsáveis pela Carwow.

O objectivo deste canal de YouTube era opor o Model 3 Performance ao 911 Carrera S, com a contenda a favorecer o carro alemão, pois os seus 450 cv associados a 1590 kg permitiam-lhe uma relação peso/potência de 3,53 kg. Do lado do Tesla, o Model 3 Performance reivindica 490 cv mas um peso de 1847 kg, fruto dos 75 kWh da bateria, o que o atira para uma relação de somente 3,76 kg/cv.

O objectivo era determinar até que ponto um familiar discreto, espaçoso, confortável e eléctrico, à venda entre nós por 65.800€, seria capaz de bater um 911 Carrera S, um desportivo considerado uma das referência do mercado, proposto em Portugal por 148.608€, ou seja, mais do dobro do preço.

O confronto entre o familiar eléctrico e o desportivo a gasolina começou por um arranque de 0 a 402 metros, ou seja, ¼ de milha, com o Model 3 a vencer uma vez e o 911 duas, com a diferença entre ambos a oscilar entre 0,1 e 0,3 segundos. Seguiram-se as acelerações de 80 a 177 km/h, onde o Tesla venceu, vitória que repetiu quando os valores foram alterados para 48 a 177 km/h, o que colocou o total em 4-3 a favor do familiar eléctrico.

Existia a possibilidade de o Porsche empatar, evitando assim uma derrota difícil de digerir, uma vez que a derradeira competição dizia respeito à travagem a partir de 113 km/h, desafio que favorecia triplamente o carro alemão. Não só é 257 kg mais leve, como monta pneus mais largos e o 911 é tradicionalmente apontado como excelente a travar. Mas o Model 3 Performance fez jogo igual e surpreendeu o seu adversário com um empate, atribuindo a vitória ao Tesla, apesar deste custar cerca de 65 mil euros, substancialmente menos do que os 148 mil euros do Carrera S. Veja o vídeo para ver como o favorito foi derrotado.