As startups portuguesas HiJiffy e Live Electric Tours estiveram entre as vencedoras da segunda edição do Global Tourism Startup Competition. Foram distinguidas nas categorias de “melhor solução inovadora para turismo” e “prémio especial para a sustentabilidade”, respetivamente. O evento, organizado pela Organização Mundial do Turismo (UNWTO, na sigla em inglês), tem com objetivo distinguir a inovação e sustentabilidade na atividade turística.

O concurso decorreu esta quinta-feira em Madrid e recebeu mais de cinco mil candidaturas de 150 países. Em comunicado, o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, refere: “A inovação tem sido decisiva no desempenho do turismo em Portugal e será decisiva para a competitividade futura do país”.

A HiJiffy é uma startup criada em 2016 que utiliza inteligência artificial para dar suporte a clientes de hotéis. A empresa foi fundada por Tiago Araújo, José Mendonça e Pedro Gonçalves, depois de perceberem que o atendimento ao consumidor era algo que a indústria hoteleira precisava de melhorar. A startup fornece um serviço de conversação implementado no website de cada hotel, no qual os hóspedes podem contactar um assistente virtual que responde às suas perguntas.

É uma enorme honra ter este reconhecimento da UNWTO, que vem refletir mais de 3 anos de muito esforço e dedicação que temos colocado neste projeto. Acreditamos verdadeiramente que estamos a inovar e a revolucionar a forma como os hotéis comunicam com os seus clientes, e temos agora ainda mais força e energia para continuar esse trabalho”, afirma Tiago Araújo, presidente executivo da HiJiffy.

A Live Electric Tours é uma startup que criou uma experiência de autocondução ecológica para turistas. Os percursos turísticos são feitos com carros 100% elétricos, equipados com Wi-Fi, guia de áudio GPS. Além disso, há uma câmara no carro que permite partilhar a viagem em tempo real nas redes sociais.