O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, sugeriu esta quinta-feira à ativista pelo clima Greta Thunberg que vá estudar Economia, defendendo que não é preciso deixar de utilizar combustíveis fósseis.

Numa conferência de imprensa à margem do Fórum Económico Mundial, que decorre em Davos, na Suíça, Steven Mnuchin perguntou “Quem é Greta Thunberg?”, referindo-se à jovem de 16 anos que foi a Davos acusar governos e empresas de falta de ação para mitigar ou reduzir os efeitos das alterações climáticas no planeta.

Mnuchin sugeriu que Greta Thunberg vá estudar Economia e volte depois “para explicar tudo”, pondo em causa o impacto económico das alterações climáticas, no mesmo sentido do Presidente do seu país — um dos maiores poluidores mundiais —, Donald Trump, que em Davos criticou os “profetas que vaticinam um apocalipse climático” na Terra.

O responsável pelo Tesouro norte-americano afirmou que os Estados Unidos lideram nas energias limpas e na redução de emissões de gases com efeito de estufa. Para Mnuchin, o que importa na economia de um país é a criação de emprego.