Um sismo de magnitude 6,7 na escala de Richter foi esta sexta-feira registado na cidade de Sivrice, no leste da Turquia, anunciou a agência turca de gestão de crises de emergência. Pelo menos 14 pessoas morreram e cerca de 300 ficaram feridas, havendo também relatos de pessoas que ficaram soterradas.

De acordo com a agência turca de gestão de crises de emergência, citada pela Associated Press, pelo menos oito pessoas morreram na província de Elazig e outras seis na província de Malatya. Os feridos ascendem os 200 e os 90 respetivamente em Elazig e em Malatya.

O ministro do Interior da Turquia, Suleiman Soylu, referiu que as equipas de resgate estão a tentar encontrar sobreviventes após a queda de um edifício com pelo menos quatro andares, em Maden, na província de Elazig. O ministro adiantou ainda que entre quatro a cinco edifícios colapsaram na cidade de Sivrice.

O abalo foi registado perto da cidade de Sivrice, na província de Elazig, no leste do país, com uma magnitude preliminar de 6,7, acrescentou a direção da agência turca. A agência europeia de sismologia (EMSC) referiu que o sismo ocorreu às 20h55 locais (17h55 em Lisboa) à profundidade de 10 quilómetros e referencia-o como tendo a magnitude de 6,9. O abalo terá sido sentido por 500 mil pessoas e chegou a outros países, como o Iraque, a Síria e o Líbano.