Moçambique sonha qualificar 25 atletas aos Jogos Olímpicos Tóquio2020, segundo o Comité Olímpico moçambicano, advertindo, que as dificuldades financeiras são obstáculos para esta ambição.

Os Jogos Olímpicos acarretam muito encargo financeiro e o Comité Olímpico não foge daquilo que é a realidade do país, os meios financeiros estão escassos”, disse o secretário-geral do Comité Olímpico de Moçambique, Penalva César.

A seis meses da cerimónia de abertura de Tóquio2020, Moçambique alimenta a esperança de participar com 25 atletas, nas modalidades de natação, canoagem, pugilismo, judo e basquetebol feminino.

O Comité Olímpico Internacional permite que os seus 206 países membros estejam representados nos Jogos, mesmo que atletas não tenham alcançado mínimos. Desde 1980, Moçambique tem levado pelo menos seis atletas aos Jogos, quase sempre como convidados. “Em poucas ocasiões nós tivemos atletas que de facto se qualificaram, caso notório Maria de Lurdes Mutola, que sempre se qualificou para os Jogos e até atingiu lugares no topo”, afirmou o responsável.

Mutola, agora com 47 anos, conquistou a medalha de ouro nos 800 metros em Sydney2000 e a de bronze em Atlanta1996, além do quarto lugar em Atenas2004 e dos quintos em Barcelona1992 e Pequim2008, quando terminou a carreira.

A seis meses da cerimónia de abertura, Penalva César espera ultrapassar o limite de lugares oferecidos pelo sistema olímpico e garantir “que os atletas participam porque merecem”.

Além do financiamento, o secretário-geral do Comité Olímpico de Moçambique considera ser necessário concentrar as atenções nas modalidades em que o país tem potencial. “Falta-nos ainda decidir quais são as provas em que nós temos mais oportunidades de vencer, pois isso evitaria que partíssemos para tudo, até porque não temos dinheiro para isso”, referiu.

A esperança do Comité Olímpico de Moçambique passa pelo apoio de “empresas de boa vontade” aos atletas moçambicanos.

Estamos esperançados que, com a aproximação dos Jogos Olímpicos, as empresas notem o esforço que os atletas estão a colocar na sua preparação”, concluiu.

Os Jogos Olímpicos Tóquio2020 vão realizar-se entre 24 de julho e 9 de agosto.