A tenista australiana Ashleigh Barty, número um do mundo, venceu esta terça-feira a checa Petra Kvitova por 7/6 (8/6) e 6-2 e garantiu um lugar nas meias-finais do Open da Austrália.

Barty, de 23 anos, e que ganhou o seu primeiro torneio de Grand Slam no ano passado em Roland Garros, vai disputar com a norte-americana Sofia Kenin, 15.ª do ‘ranking’ mundial, uma vaga na final do torneio. “Foi realmente incrível. Eu sabia que tinha que estar no meu melhor contra Petra e o primeiro ‘set’ foi crucial”, disse Barty.

Kvitova, sétima do ‘ranking’ mundial, derrotara Barty em 2019 em Melbourne nos quartos de final. A “vingança” da australiana demorou uma hora e 44 minutos, com a disputa do primeiro “set” a durar 69 minutos.

Ashleigh Barty tornou-se na primeira australiana a atingir as meias-finais do Open da Austrália desde Wendy Turnbull em 1984.