O Fórum Médico decidiu esta quarta-feira que vai responsabilizar a ministra da Saúde por inação por todos os casos de violência que aconteçam no SNS, bem como pedir reuniões urgentes ao primeiro-ministro e ao Presidente da República.

No final do Fórum Médico, que agrega a Ordem, os sindicatos e várias associações e sociedades médicas, o bastonário Miguel Guimarães indicou que se pretende responsabilizar a ministra da Saúde jurídica e publicamente.

O Fórum pedirá ainda encontros com caráter de urgência ao primeiro-ministro, ao Presidente da República, aos líderes parlamentares da Assembleia da República e às comissões parlamentares de Saúde e de Assuntos Constitucionais.

O bastonário dos Médicos esclareceu à Lusa que as ações jurídicas a tomar implicam processos em tribunal de responsabilização da ministra Marta Temido por inação.