Manuel Augusto Magina da Silva é o novo diretor nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP), anunciou esta quarta-feira o Ministério da Administração Interna (MAI) em comunicado de imprensa.

O superintendente-chefe da PSP foi nomeado pelo primeiro-ministro e pelo ministro Eduardo Cabrita. Com 54 anos, “exerce, desde 3 de agosto de 2015, as funções de Diretor Nacional Adjunto para a Unidade Orgânica de Operações e Segurança da PSP”, refere a nota do MAI.

Licenciado em “Ciências Policiais pelo Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna [ISCPSI], Magina da Silva concluiu os cursos de Operações Especiais, de Direção e Estratégia Policial e o de Auditor de Defesa Nacional. Participou em diversas ações de intercâmbio no domínio técnico e tático envolvendo Unidades de Operações Especiais contraterroristas de diversos países e foi perito nacional no Grupo de Trabalho Técnico para Grandes Eventos e Informação relacionada com Terrorismo”, continua o comunicado.

“Enquanto comandante da Unidade Especial de Polícia (maio de 2008 a fevereiro de 2012), participou no planeamento e no comando de diversas operações policiais complexas e de elevado risco, ocorridas em território nacional”, como a Cimeira Ibero-Americana (novembro de 2009), a visita do Papa Bento XVI (maio de 2010) e a cimeira da NATO (novembro de 2010).

O também professor do ISCPSI toma posse no dia 3 de fevereiro, pelas 17h30, no Ministério da Administração Interna.