Pode ser o maior a investir ou quando o tema é vendas online de artigos de luxo – é seu o Zozo Town, um dos sites mais conceituados no Japão –, mas Yusaku Maezawa não revela grandes dotes quando o que está em cima da mesa é encontrar uma namorada. Apontado pela Forbes como o 22º mais rico do Japão, com uma fortuna de 2 mil milhões de dólares, Maezawa decidiu ser o primeiro turista espacial da SpaceX, tendo adquirido uma ida à Lua em 2023. Como se isto não bastasse em termos de arrojo, achou que seria uma excelente oportunidade para partilhar a experiência com uma nova namorada. Abriu um concurso internacional e se avançaram cerca de 27.722 candidatas, o japonês não considerou nenhuma minimamente interessante.

O acordo entre a SpaceX e Yusaku Maezawa prevê que não se possa divulgar o custo da sua ida à Lua dentro de três anos, mas a Axiom Space avalia os 10 dias de “férias” do bilionário em cerca de 55 milhões de dólares. Ou quase o dobro, caso o fizesse na companhia da namorada.

Acha muito? Então é bom que saiba que a NASA se ofereceu para pagar 81 milhões de dólares à agência espacial russa apenas para orbitar a Lua, a bordo de uma nave Soyuz, e que já nos anos 60 uma viagem à Lua do programa Apollo custou 25,4 milhões de dólares à NASA. Valor que hoje equivaleria a cerca de 152 mil milhões de dólares.

No momento em que desistiu de levar a namorada à Lua, o japonês viu-se obrigado a abrir mão igualmente do reality show denominado Full Moon Lovers, que fazia parte do acordo, que seria transmitido pela Abema TV, o que certamente ajudaria a suportar uma parte considerável da conta que o bilionário vai ter de pagar à empresa de Elon Musk pela viagem. A deslocação será efectuada a bordo do novo foguetão da SpaceX, o BFR.