482kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Futebol Clube Vizela junta-se a campanha para ajudar jovem com cancro

Este artigo tem mais de 2 anos

Bruno Oliveira tem 20 anos, é familiar de um histórico jogador do clube e vive com um linfoma de Hodgkin desde 2017. Já o conseguiu debelar duas vezes, mas agora precisa de um transplante de medula

O jovem é familiar de Ricardo Jorge, histórico capitão do clube nortenho
i

O jovem é familiar de Ricardo Jorge, histórico capitão do clube nortenho

O jovem é familiar de Ricardo Jorge, histórico capitão do clube nortenho

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O Futebol Clube Vizela (FCV) está a lançar uma campanha de solidariedade em nome de Bruno Oliveira, um jovem de 20 anos que foi diagnosticado com linfoma de Hodgkin há três anos. Segundo o jornal O Minho, o antigo jogador das camadas jovens do Feirense já conseguiu reverter a doença por duas vezes, mas agora necessita de um transplante de medula óssea. O clube de futebol nortenho está a apelar a doadores de medula.

Num post na sua página oficial de Facebook a equipa explica que Bruno tem “raízes familiares” na cidade de Vizela e, apesar do seu caminho no futebol ter passado por outros emblemas, é familiar de Ricardo Jorge, histórico jogador e capitão do FCV. O sonho de Bruno no futebol passou para segundo plano por causa da licenciatura em Fisioterapia e Osteopatia que escolheu fazer na cidade do Porto mas que se encontra suspensa por causa da doença.

Os seus tratamentos começaram em 2017, no IPO do Porto, e inicialmente surtiram efeito. Um ano depois reapareceu o linfoma que tinha sido debelado, mas novas sessão de quimioterapia e imunoterapia voltaram a conseguir por a doença em remissão.

https://www.facebook.com/FutebolClubeVizela/photos/a.434384419916153/2938917426129494/?type=3&theater

Face à possibilidade de novo “regresso” os médicos que acompanham Bruno sugeriram um autotransplante, procedimento que consiste no retirar e congelar de células “boas” para que estas possam voltar a ser aplicadas caso o linfoma regresse. As que conseguiram recolher foram em número suficiente e é por causa disso que a opção de transplante de medula óssea ganhou ainda mais importância.

Os pais do jovem pedem agora, que os interessados em ajudar compareçam na campanha que vai durar todo o mês de março com a ajuda da Associação dos Dadores Benévolos de Sangue de Vizela. No post do Futebol Clube Vizela está apresentado também o agendamento das campanhas de recolha de sangue:

Centro Paroquial de S. Paio – 8 de março, das 9h às 12h30
Escola de Infias – 25 de março, das 15h às 19h
Escola Secundária de Vizela – 28 e 29 de março, das 9h às 12h30

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.