Antes do jogo contra o FC Porto no próximo sábado, o Benfica joga esta terça-feira frente ao Famalicão, em partida da primeira mão da meia-final da Taça de Portugal. Mas Bruno Lage, treinador das “águias”, assumiu que ainda não pensa no encontro com os “dragões”.

“Vamos jogar com uma equipa muito competente, pelo percurso no campeonato e na Taça, que jogou contra nós há um mês e fez um grande jogo. É uma formação muito organizada e o nosso grande objetivo é jogar bem, vencer o jogo e ir à procura do melhor resultado”, disse o treinador do Benfica.

Questionado sobre a proximidade do jogo com o FC Porto e sobre o facto de o mês de fevereiro poder trazer decisões em várias frentes, Lage voltou a frisar que pensa “num jogo de cada vez”.

“Todos os jogos são importantes à medida que se avança nas competições. A Taça e Liga Europa são a eliminar e o campeonato é sempre importante para conquistar pontos que permitem ser campeão. É uma sequência de jogos importante, mas o mais importante é a equipa estar preparada e focada em dar uma boa resposta no jogo seguinte e, para amanhã [terça-feira], temos condições para fazer um excelente jogo no Estádio da Luz”, garantiu o técnico das ‘águias’.

Lage garantiu ainda que sente os jogadores focados no confronto com os famalicenses e sem pensar no ‘clássico’, adiantando que não vai fazer poupanças, mas que Dyego Souza não será convocado e que, por isso, não se estreará com a camisola ‘encarnada’.

Sobre o mercado de janeiro, Lage confidenciou que Fabiansky foi um jogador na agenda dos encarnados, confirmou que “conhece bem” o extremo brasileiro Pedrinho e terminou com elogios a Svilar, por ter optado por “dar um passo atrás na carreira”, numa referência à época que o belga tem feito na equipa B, na II Liga.