O Ministério Público acusou de roubo dois jovens suspeitos de vários assaltos a transeuntes na via pública, na cidade de Braga, praticados entre novembro de 2018 e abril de 2019, anunciou esta segunda-feira a Procuradoria-Geral Distrital do Porto.

Em nota publicada na sua página na Internet, aquela procuradoria especifica que um dos arguidos está acusado de nove crimes de roubo, quatro dos quais na forma tentada, bem como um crime de ameaça agravada e um crime de coação. O outro vai responder por dois crimes de roubo na forma tentada.

Os factos reportam-se a assaltos e confrontos intimidatórios levados a cabo de 16 de novembro de 2018 a 26 de abril de 2019, todos na via pública, em diversos locais da cidade de Braga. Os transeuntes foram abordados e, na maior parte dos casos, instados a entregar os bens que possuíam, sob pena de serem agredidos ou atingidos por golpe de arma branca. Em duas situações, as vítimas foram apenas ameaçadas ou constrangidas na sua liberdade de decisão.

Um dos arguidos está em prisão preventiva. Ambos os arguidos nasceram em 2000.