*Em atualização

Um avião Boeing 737-800 da companhia aérea Pegasus com 177 passageiros perdeu o controlo no aeroporto Sabiha Gökçen, em Istambul, na Turquia, indo para uma estrada. O acidente fez com que a aeronave se partisse em três partes, avança a Associated Press. Há três mortos e 179 feridos que foram encaminhados para hospitais, confirmou o ministro da Saúde turco. O canal de televisão NTV acrescenta que os dois pilotos estão em estado grave.

Anteriormente, e de acordo com o jornal turco Daily Sabah, o ministro dos Transportes do país, Cahit Turhan, tinha dito que o acidente não tinha causado vítimas mortais, mas alguns passageiros ficaram feridos. O acidente terá acontecido devido a uma “aterragem forçada” e ao mau tempo que está na cidade. A aeronave era um Boeing 737, com 11 anos.

Uma das primeiras imagens divulgadas no Twitter

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Segundo as informações que temos, a aterragem foi difícil. O acidente ocorreu depois de o avião não ter conseguido desacelerar, tendo batido num campo a partir do final da pista”, disse a agência estatal Anadolu, citando o ministro dos Transportes e Infraestrutura.

As autoridades de emergência estão ainda no local a retirar passageiros. Depois de ter derrapado, o avião incendiou-se. Nos vídeos partilhados do acidente, é possível ver pessoas a sair por entre uma das partes dos destroços. Todos os voos que estavam previstos para este aeroporto foram reencaminhados para o aeroporto Atatürk, também em Istambul.

[No Twitter estão a ser partilhados vários vídeos do acidente]

A 7 de janeiro deste ano, no mesmo aeroporto, um avião também da companhia aérea Pegasus, derrapou e saiu da pista. Este acidente não teve feridos nem vítimas mortais.