O nadador sul-africano Roland Schoeman, campeão olímpico nas estafetas 4×100 metros livres em Atenas2004, foi esta quinta-feira suspenso por um ano depois de ter dado positivo por uma substância comprada no mercado negro.

O nadador de 39 anos deu positivo por uma substância associada com risco de cancro num controlo realizado em maio passado, anunciou esta quinta-feira a Federação Internacional de Natação (FINA).

Schoeman ganhou três medalhas, nomeadamente um ouro nas estafetas 4×100 livres, uma prata nos 100 livres e um bronze nos 50 livres, nos Jogos Olímpicos Atenas2004, e tem no currículo três títulos de campeão mundial, tendo mesmo fixado um recorde nos 50 metros mariposa nos Mundiais de 2005.

O castigo do nadador sul-africano, que estava suspenso preventivamente, termina em 17 de maio.