Este ano, cerca de 283 mil pensões da Segurança Social serão abrangidas pela atualização extraordinária, o que representa um salto de 18% em relação ao ano anterior. As contas são do Dinheiro Vivo/DN/JN, que cita fonte da Segurança Social, acrescentando que, no total, o aumento chegará a perto de 1,9 milhões de pensionistas que recebem abaixo de 658,22 euros.

Estas pensões deverão receber em março um aumento extra de até seis ou dez euros aprovado pelo Parlamento, aumento esse que se segue à atualização de 0,7% do início do ano (ou 0,24% para algumas pensões de sobrevivência acima de 438,81 euros), derivado do crescimento previsto da inflação.

No ano passado, escreve o jornal, apenas 1,6 milhões de pensionistas beneficiaram do aumento extraordinário que garante que cada uma das prestações abaixo do mínimo de existência sobe pelo menos dez euros ou seis euros no caso de serem pensões que foram atualizadas durante a crise.