Uma obra do artista de rua britânico Banksy dedicada ao Dia dos Namorados foi vandalizada na cidade de Bristol, em Inglaterra.

A cidade natal do artista, cuja identidade permanece um mistério, acordou na última quinta-feira com a obra instalada na fachada de um prédio. A obra consiste num stencil de uma criança com uma fisga na mão e num conjunto de flores de plástico que dão forma à marca do impacto do projétil disparado pela fisga.

Após algumas interrogações entre os residentes sobre a autoria da obra, o artista confirmou através do Instagram que havia sido ele e executar a instalação.

Este sábado, porém, os residentes viram a obra de arte vandalizada, com a inscrição “BCC wankers” [“idiotas” em BCC] pintada com tinta cor de rosa por cima do desenho da criança.

A obra de arte surgiu na fachada do prédio como surpresa até para os donos da casa. Kelly Woodruff, coproprietária do edifício, explicou à imprensa britânica ter descoberto a existência da obra depois de alguém a identificar numa publicação do Facebook e lhe perguntar se aquele não era o seu prédio.

“Ficámos super excitados, obviamente, e hoje é o aniversário do meu pai, por isso estamos muito contentes de ter recebido um presente de aniversário tão brilhante. Somos nascidos e criados em Bristol”, disse Woodruff ao The Guardian na quinta-feira.

A família ficou, porém, com um encargo que não esperava nas mãos. Kelly Woodruff chegou a equacionar instalar uma proteção em acrílico para proteger a obra de arte. “Há muita gente a vir cá para ver e queremos que as pessoas continuem a poder fazê-lo”, afirmou.