O Ministério Público requereu junto do Tribunal de Ponte de Sor (Portalegre) o julgamento em tribunal coletivo de 10 arguidos, oito dos quais estão em prisão preventiva, indiciados por um crime de tráfico de droga, foi esta quarta-feira anunciado.

Em comunicado, publicado na sua página na internet, o Ministério Público (MP) revelou que oito arguidos aguardam o desenrolar do processo sujeitos à medida de coação de prisão preventiva, desde julho de 2019.

Segundo o MP, os suspeitos estão “fortemente indiciados da prática de um crime de tráfico de estupefacientes agravado”.

Os arguidos atuavam em São Miguel do Rio Torto, concelho de Abrantes, abastecendo consumidores em diversos locais dos concelhos de Ponte de Sor, Gavião, Abrantes e Mação, indicou ainda o MP.