A Mubadala Investment Company reduziu a sua posição na EDP de 4,06% para 1,4794% deixando de ter uma participação qualificada na empresa liderada por António Mexia, foi esta quinta-feira comunicado ao mercado.

“No dia 26 de Fevereiro de 2020, a Mubadala Investment Company comunicou à EDP […], que já não detém uma participação qualificada na EDP. A redução do patamar de 2% pela Mubadala aconteceu no dia 25 de Fevereiro de 2020”, lê-se na informação remetida à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Antes desta operação, a Mubadala detinha 4,06% de direitos de voto associados a ações da EDP.

Na quarta-feira, a China Three Gorges (CTG) informou a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) de que colocou ações representativas de 1,8% do capital social da EDP à venda. A CTG comunicou acerca da sua “intenção de proceder à alienação de até 65.820.000 ações representativas de até 1,8000635% do capital social da EDP”, lê-se na mesma nota.

Na sessão desta quinta-feira da bolsa de Lisboa, pelas 9h37 horas em Lisboa, as ações da EDP seguiam a cair 1,18% para 4,51 euros.