As remessas dos emigrantes portugueses subiram no ano passado 1,14%, para 3.645 milhões de euros, enquanto as verbas enviadas pelos estrangeiros a trabalhar em Portugal caíram 10,19%, para 478,4 milhões de euros, segundo o Banco de Portugal.

De acordo com os dados divulgados esta quinta-feira, os portugueses a trabalhar no estrangeiro remeteram para Portugal 3.645 milhões de euros ao longo do ano passado, o que mostra uma subida de 1,14% face aos 3.604 milhões de euros enviados em 2018.

Em sentido inverso, os estrangeiros a trabalhar em Portugal enviaram para os seus países de origem 478,4 milhões de euros em 2019, o que representa uma descida de 10,19% face aos 532,7 milhões de euros enviados ao longo do ano anterior.