A quinta edição da Coimbra BD — Mostra Nacional de Banda Desenhada vai decorrer entre quinta-feira e domingo, na Casa Municipal da Cultura, com exposições, oficinas, apresentações de livros e um desfile de cosplay. O evento vai contar com a presença de 12 autores nacionais e um internacional, para além de editores e livreiros especializados da área, refere a Câmara de Coimbra, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

O programa conta com uma dezena de exposições e oficinas, bem como com a conferência “25 de Abril e a Banda Desenhada”, que decorre no primeiro dia do Coimbra BD. Sessões de autógrafo com autores de banda desenhada, apresentações de livros, jogos de tabuleiro, sessões de desenho ao vivo, exibição de curtas e longas-metragens e um desfile e concurso de cosplay são outras das propostas da iniciativa.

Presente na mostra estará o escritor e desenhador italiano Carlo Ambrosini, que apresenta o seu último livro Dylan Dog: O Imenso Adeus, marcando presença também na mostra 12 autores nacionais: Álvaro Santos, André Oliveira, Bernardo Majer, Carlos Zíngaro, Fernando Dordio, Filipe Abranches, Luís Louro, Mário Freitas, Miguel Jorge, Paulo Monteiro, Pedro Cruz e Zé Burnay.

“Percebemos que vem público do país inteiro, que frequenta outras iniciativas do género e, desde que foi criada a Coimbra BD, passou também a integrar este evento na sua agenda, sejam pessoas que procuram livros e contacto com os autores ou o público do ‘cosplay'”, disse à agência Lusa a vereadora da Câmara de Coimbra, Carina Gomes.

A vereadora salienta que a programação alia “várias disciplinas artísticas”, considerando que o evento tem conseguido “fidelizar público e entrar na agenda nacional”. “Há até alguma dificuldade, nos últimos anos, de encaixar todas as iniciativas na Casa Municipal da Cultura”, realçou.

A iniciativa, organizada pela Câmara de Coimbra, é de entrada livre. Entre quinta-feira e sábado, a mostra pode ser visitada entre as 10h e as 22h e, ao domingo, entre as 10h e as 18h.