456kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Fim de semana traz sol e temperaturas podem chegar aos 25ºC na próxima semana

Este artigo tem mais de 2 anos

Pode guardar os casacos e as golas altas, vem aí o bom tempo. O fim de semana traz um aumento das temperaturas, mas o calor chega durante a próxima semana, com Faro a atingir os 25ºC.

A melhoria das temperaturas no país deve-se à movimentação do anticiclone dos Açores
i

A melhoria das temperaturas no país deve-se à movimentação do anticiclone dos Açores

NUNO VEIGA/LUSA

A melhoria das temperaturas no país deve-se à movimentação do anticiclone dos Açores

NUNO VEIGA/LUSA

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Pode guardar os casacos e as golas altas, depois da passagem da depressão Norberto, a temperatura vai começar a subir a partir deste fim de semana, com temperaturas máximas de 21ºC, em Santarém, e mínimas de 1ºC, na Guarda. O calor a sério chega já na próxima semana, com as temperaturas a chegarem aos 25ºC em Faro.

Depressão Norberto traz vento forte, frio e até neve. Só sábado voltamos a tempo mais primaveril

Segundo as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), para sábado prevê-se “céu pouco nublado ou limpo, com períodos de maior nebulosidade no Norte e litoral Centro” e “possibilidade de ocorrência de precipitação fraca no Minho e Douro Litoral”, assim como uma pequena descida da temperatura mínima e subida da temperatura máxima. Já o vento deverá ser fraco e por vezes moderado, sendo moderado a forte até meio da manhã apenas nas terras altas.

Os termómetros poderão chegar aos 20ºC em Lisboa, 16ºC no Porto e 22ºC em Faro. Nas ilhas, as temperaturas máximas rondarão os 18/19ºC nos Açores e poderão chegar aos 22ºC no Funchal, Madeira.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Já para domingo, o IPMA prevê um agravamento da nebulosidade em relação ao dia anterior e “períodos de chuva ou aguaceiros no Minho e Douro Litoral a partir da manhã, estendendo-se às regiões a norte do sistema Montanhoso Montejunto-estrela durante a tarde”. Poderá ainda haver formação de geada nas regiões do interior Norte e Centro.

Para Lisboa, a temperatura máxima poderá chegar aos 17ºC e a mínima aos 9ºC. Para Faro, a previsão máxima é de 23ºC e a minima é de 10ºC. Já no Porto, as temperaturas deverão oscilar entre os 14ºC de máxima e os 7ºC de mínima, com previsão de chuva.

A partir de segunda-feira vão começar a registar-se temperaturas mais altas, com o IPMA a prever uma subida da temperatura máxima em todo o país. Em Lisboa, as temperaturas máximas vão rondar os 20ºC durante toda a semana, enquanto que no Porto serão mais baixas, a rondar os 16ºC. Já em Faro, o calor vai fazer-se sentir, com os termómetros a chegar aos 25ºC entre segunda e quinta-feira.

A melhoria das temperaturas no país deve-se à movimentação do anticiclone dos Açores, um grande centro de altas pressões atmosféricas do sistema subtropical semipermanente encontrado perto do arquipélago dos Açores no Oceano Atlântico, que influencia as temperaturas nas áreas do Norte de África, Europa e Américas. A partir de segunda-feira, o anticiclone vai movimentar-se entre os Açores, a Madeira e Reino Unido, permanecendo maioritariamente dentro do triângulo entre as três zonas, o que resulta num aumento das temperaturas no país.

A explicação é simples: o anticiclone dos Açores funciona como uma espécie barreira, impedindo que as correntes frias vindas da América do Norte, que acabam por afetar as zonas desprotegidas, como França, Reino Unido e Países Baixos.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.