O tenista português João Sousa caiu esta segunda-feira uma posição, para 66.º, no ranking ATP, que continua a ser liderado pelo sérvio Novak Djokovic, após uma semana sem alterações nas primeiras 30 posições.

Segundo a atualização publicada esta segunda-feira, o português cedeu um lugar, mas continua a ser o melhor luso, seguido de Pedro Sousa (110.º), parceiro do vimaranense na vitória na Taça Davis com a Lituânia, João Domingues (152.º) e Frederico Silva (192.º).

O “top 100” teve poucas alterações, destacando-se a subida do norte-americano Steve Johnson, de 75.º para 63.º. Djokovic lidera com 370 pontos de vantagem sobre o espanhol Rafael Nadal (10.220 contra 9.850), segundo, enquanto o austríaco Dominic Thiem é terceiro.

Atrás dos três primeiros segue o veterano suíço Roger Federer, em quarto, com o russo Daniil Medvedev em quinto e o grego Stefanos Tsitsipas em sexto. O alemão Alexander Zverev (sétimo), o italiano Matteo Berrettini (oitavo), o francês Gael Monfils (nono) e o belga David Goffin (10.º) completam o “top 10”.

Em femininos, também não se registaram alterações no topo, com a australiana Ashleigh Barty a liderar, seguida da romena Simona Halep, segunda, e da checa Carolina Pliskova, terceira. Destaque para as subidas da norte-americana Sofia Kenin (sexta para quarta) e da ucraniana Elina Svitolina (sétima para quinta) e as quedas da canadiana Bianca Andreescu (quarta para sexta) e da holandesa Kiki Bertens (sexta para sétima).

A portuguesa mais bem classificada na hierarquia feminina do ténis mundial é Francisca Jorge, que nesta atualização caiu cinco lugares, para 569.ª.