Na sequência de diligências concretizadas esta segunda-feira, a PSP procedeu à detenção de 4 homens, com idades entre os 21 e 35 anos. Os homens são suspeitos de relação com o grupo de motociclistas que perturbou o funeral de uma das três vítimas do acidente ocorrido em 21 de fevereiro, na Segunda Circular, em Lisboa. Os detidos serão oportunamente presentes à autoridade judiciária.

Em comunicado, a PSP adianta que os cidadãos suspeitos encontram-se indiciados pelos crimes de resistência e coação sobre funcionário, ameaça agravada, injúria agravada, condução perigosa e detenção de arma proibida.

Destacam-se ainda a apreensão de 3 motociclos e 1 pistola de calibre 7.65 mm. As diligências policiais não se encontram concluídas.