O Instituto Superior Técnico (IST) vai suspender todas as aulas e outras atividades presenciais a partir de quarta-feira e até 27 de março, uma medida decidida por causa da propagação do novo coronavírus.

Em comunicado, o presidente do IST afirma que as aulas serão substituídas, sempre que possível, por meios de ensino à distância. As bibliotecas, espaços de estudo e salas 24 horas vão estar fechadas e o IST recomenda “o autoisolamento a todos aquelas que constituam casos suspeitos”, incluindo quem regresse de zonas de risco.

O IST já tinha suspendido “todos os eventos com mais de 50 participantes a realizar em qualquer dos três ‘campi'”, em Lisboa, Taguspark e Tecnológico Nuclear.

O Técnico tem um “microsite” dedicado ao seu plano de contingência para o novo coronavírus.

Várias universidades – incluindo Lisboa, Coimbra e Minho – decidiram suspender aulas como medidas de contenção do contágio.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 3.900 mortos. Cerca de 113 mil pessoas foram infetadas em mais de uma centena de países, e mais de 62 mil recuperaram.

Portugal regista 39 casos confirmados de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS), com 339 casos suspeitos, dos quais 67 aguardam resultados laboratoriais.