À semelhança do que aconteceu na Invicta, a Câmara Municipal de Lisboa decidiu garantir o estacionamento gratuito na cidade até ao dia 9 de abril.

Em comunicado enviado às redações, a CML determina a “suspensão do pagamento na via pública nas Zonas de Estacionamento de Duração Limitada, nos locais delimitados para o efeito, suspendendo a fiscalização dos mesmos”.

A câmara garante ainda a “permissão de estacionamento gratuito nos parques de estacionamento da EMEL dos veículos com dístico de residente válido para a área de implantação de cada parque (mediante informação da matrícula pelo intercomunicador no acesso), salvaguardando a capacidade para as avenças pré-existentes”.

Entre as medidas anunciadas via comunicado de imprensa está ainda aquela que designa que “todos os veículos com dísticos emitidos ao abrigo do Regulamento Geral de Estacionamento e Paragem na Via Pública, que se encontrassem válidos a 1 de fevereiro de 2020, e que entretanto atinjam a data de validade, poderão continuar a aceder aos lugares exclusivos a residentes nas zonas indicadas no dístico até 30 de junho de 2020, eliminando assim a necessidade de qualquer tramitação administrativa neste período, com a correspondente redução de deslocações”.

Estão ainda previstas as seguintes medidas:

  • “alargamento de todas as avenças noturnas de residente existentes nas concessões Empark para avenças 24h, ou seja, passa a ser possível ao titular dessa avença o estacionamento 24h sem custo acrescido;
  • a revisão, em estreita parceria com as juntas de freguesia, de lugares reservados na via pública, que em função do estado de funcionamento das entidades a que estão adstritos possam vir a ser libertos neste período contingente para estacionamento livre”.

Paralelamente, a EMEL esclarece que vai encerrar os elevadores públicos e que vai adotar medidas de desinfeção das bicicletas do sistema partilhado GIRA.

As medidas em questão estão serão avaliadas em função da situação verificada na cidade, podendo ser “alteradas ou revogadas a qualquer momento”. A sua manutenção é estimada até, pelo menos, 9 de abril.