Os veículos automóveis ligeiros e pesados produzidos em Portugal em fevereiro atingiram as 30.456 unidades, o que representa uma queda de 4,4%, face a igual mês de 2019, informou esta segunda-feira a Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

De acordo com um comunicado da ACAP, registou-se um decréscimo global de 4,3% nos dois primeiros meses de 2020, com um total de 60.108 unidades fabricadas em janeiro e fevereiro. Em fevereiro foram produzidos 25.002 veículos ligeiros de passageiros, menos 3,8% que em 2019, e 5.098 comerciais ligeiros, o que corresponde a quebra de 4,6%. No segundo mês deste ano foram ainda produzidos 356 veículos pesados, o que representa uma queda de 30,1% face a fevereiro de 2019.

Segundo a ACAP, o mercado externo representa já 98,1% do destino total dos veículos fabricados em Portugal, “contribuindo de forma significativa para a balança comercial portuguesa”.

A Europa continua a ser o mercado líder nas exportações dos veículos fabricados em território nacional, com 98,3%, com a Alemanha a liderar (18,9%) seguida da França (17,2%), Itália (15,8%), Espanha (11%) e do Reino Unido (10,2%).