LVMH, o grupo francês detentor de marcas de luxo como Louis Vuitton, Dior, Givenchy e Celine, começou esta segunda-feira a fornecer gratuitamente quantidades substanciais de álcool gel às autoridades de saúde francesas, na sequência do surto de Covid-19 que atinge o país.

Com o risco de falta deste produto em França, Bernard Arnault, que além de presidente do grupo é o homem mais rico da Europa, instruiu a divisão de perfumes e cosmética da LVMH a preparar as fábricas para a produção de “quantidades substanciais de álcool gel”, segundo um comunicado emitido esta quinta-feira.

Além de algumas das mais prestigiadas marcas de moda, o grupo agrega também importantes nomes do universo da beleza, entre eles as linhas de cosmética da Dior e da Givenchy e ainda a cadeia de lojas Sephora. Uma das fábricas atualmente dedicada à produção de gel desinfetante é a de La Ruche, de onde habitualmente saem os produtos da Guerlain, outra das marcas do grupo.

O desinfetante já começou a ser entregue às autoridades de saúde francesas. Na última segunda-feira, 16 de março, o Hôpitaux de Paris foi o alvo prioritário deste reforço.