A startup Dona Rosa, que gere uma app com o mesmo nome que recolhe roupa suja para ser engomada, lavada ou limpa a seco, está a disponibilizar gratuitamente o serviço a “médicos, enfermeiros e auxiliares de saúde”. Além disso, a empresa criou um horário extra exclusivo para garantir as recolhas e entregas de roupa para estes profissionais de saúde.

Neste momento tão difícil é nosso dever cívico ajudar quem mais nos ajuda. Esta foi a forma de podermos agradecer a todos os que, diariamente, enfrentam esta situação, pelo esforço demonstrado e que deposita em nós uma grande esperança por melhores dias”, dizem Tomás Noronha e Rodrigo Ruiz, fundadores da empresa.

Os profissionais de saúde que precisem de utilizar o serviço da Dona Rosa durante esta fase podem enviar um email para geral@appdonarosa.com ou mensagem pelo WhatsApp para o número 938 693 832. Para utilizar este serviço é necessário validar que se exerce uma desta profissões em Lisboa através de cédula profissional. Depois, basta seguir “as indicações dadas pela equipa da Dona Rosa” para fazer o pedido.

Em resposta ao Observador, a Dona Rosa explica que os pedidos de recolha e entrega de roupa podem ser feitos diariamente até à meia-noite. Para os profissionais de saúde, a Dona Rosa assegura todos os dias uma janela exclusiva de recolhas e entregas entre as 19h e as 20h.

A empresa explica também que, “de forma a prevenir o contágio e a resguardar os seus funcionários e também a roupa dos outros clientes que poderão estar na carrinha”, as recolhas e entregas têm de ser feitas nas casas dos médicos, enfermeiros e auxiliares de saúde. “A Dona Rosa pretende evitar assim os centros hospitalares, clínicas, etc., para não correr riscos”, justifica a startup.

A app Dona Rosa está disponível para iOS e Android

De forma a garantir a segurança de todos os clientes, a Dona Rosa está a tomar medidas preventivas durante esta fase em que o serviço tem tido maior afluência. Assim, a empresa afirma que os funcionários fazem uma “utilização regular de desinfetante para higienização das mãos e superfícies; utilizam luvas descartáveis em todo o processo de recolha/entrega da roupa”.

Além disso, as equipas “fazem uma limpeza reforçada e regular do interior das carrinhas de transporte” e “cumprem a distância de segurança na recolha e entrega”. Atualmente, “não há contacto direto com os clientes” nos atos de recolha. A empresa garante que o serviço tem estado a funcionar nesta situação de quarentena.

A Dona Rosa funciona no município de Lisboa (“do Restelo ao Parque das Nações”) e na freguesia de Algés (União das Freguesias de Algés, Linda-a-Velha e Cruz Quebrada-Dafundo). Para utilizar o serviço, basta utilizar a app disponível para os sistemas operativos iOS e Android.

A Dona Rosa foi fundada em fevereiro de 2020 por Tomás Noronha e Rodrigo Ruiz. Para o resto da população, o serviço está disponível, mediante pagamento, todos os dias da semana na zona de Lisboa. Depois de recolhida, a roupa fica pronta em 48h e é entregue no terceiro dia.