São recursos educativos e culturais, em português e espanhol, que a partir de agora estão disponíveis no site da Organização de Estados Ibero-Americanos. Com esta iniciativa, a OEI pretende “minimizar as consequências negativas” da suspensão temporária de aulas um pouco por todo o mundo, explica em comunicado.

Os conteúdos foram criados por especialistas em educação da organização. ”Entre eles estão, por exemplo, o filme e o argumento de Bienvenidos, do realizador espanhol Javier Fesser, premiado com mais de 50 prémios internacionais”, esclarece-se na nota enviada às redações. Bienvenidos conta a história de dois irmãos, de seis e nove anos, e a sua viagem de três horas até à escola, no coração dos Andes peruanos, no âmbito do projeto Luces para Aprender da OEI.

Para além destes, há guias de ensino de matemática ou propostas de trabalho para as disciplinas mais práticas, como expressão musical e plástica, tudo integrado na campanha #LaOEIcontigo.

O secretário-Geral da Organização de Estados Ibero-Americanos, Mariano Jabonero, garante que a OEI irá continuar a promover ações educativas e culturais, que sirvam para mitigar ou compensar os efeitos educativos e culturais resultantes da pandemia. “A nossa organização está empenhada em dar respostas concretas para ajudar a resolver os problemas reais que a pandemia nos impôs e fazer com que nenhuma pessoa seja deixada para trás.”