O Serviço de Urgência Básica do Hospital de Peniche, no distrito de Leiria, foi encerrado esta sexta-feira à noite, após as autoridades de saúde terem determinado a necessidade de toda a equipa cumprir quarentena, disse à Lusa fonte hospitalar.

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO), do qual faz parte o Hospital São Pedro Gonçalves Telmo, em Peniche, afixou esta noite um aviso de encerramento da unidade.

A mesma fonte explicou que os três médicos, 19 enfermeiros e 10 assistentes administrativos vão cumprir quarentena, no âmbito da pandemia de covid-19.

De acordo com a mesma fonte, o encerramento vigorará até que seja colocada no serviço uma nova equipa de profissionais.

Os restantes serviços da unidade mantêm-se em funcionamento.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Comunidade Intermunicipal do Oeste, onde Peniche se integra, até às 21h00 de sexta-feira o concelho registava dois casos confirmados de covid-19.

Além do Hospital de Peniche, o Centro Hospitalar do Oeste integra os hospitais das Caldas da Rainha e Torres Vedras e detém uma área de influência constituída, a par destes três concelhos, pelas populações de Óbidos, Bombarral, Cadaval e Lourinhã e de parte dos municípios de Alcobaça (freguesias de Alfeizerão, Benedita e São Martinho do Porto) e de Mafra (com exceção das freguesias de Malveira, Milharado, Santo Estevão das Galés e Venda do Pinheiro).