A startup portuguesa Thidols lançou uma coleção para agradecer a todos os que estão a lutar contra a pandemia de Covid-19. A “Thank You” é a segunda coleção da marca portuguesa de merchandising de impacto e 20% dos lucros que a empresa fizer com estas vendas vão reverter para a Cruz Vermelha Internacional.

Os novos ídolos homenageados pela Thidols são os profissionais de saúde, trabalhadores de cadeias de alimentação e supermercados, cientistas que procuram uma cura, líderes mundiais que tomam decisões difíceis todos os dias, vizinhos que ajudam os mais frágeis, todos os que ficam em casa ou todos os que não podem fazê-lo por terem de trabalhar

A partir desta quinta-feira, 2 de Abril, fica disponível no site da marca ​a nova linha de t-shirts com sete grupos de ídolos e dois  designs: uma t-shirt branca com imagem e uma t-shirt preta, com l. Cada t-shirt terá o custo unitário de 24,90 euros ou poderá adquirir a t-shirt branca e a preta do mesmo grupo por 44,90 euros.

A Cruz Vermelha Internacional foi a instituição escolhida por esta na linha da frente face à pandemia, providenciando sabão, desinfetante, equipamentos de proteção (luvas, óculos, roupões) e termómetros consoante as necessidades das unidades locais.

“A Cruz Vermelha Internacional tem um papel fundamental na mitigação e prevenção da  doença principalmente em áreas de conflito e países em desenvolvimento, onde as carências sanitárias  mais se fazem sentir. A dedicação a causas de impacto humanitário e ambiental é um dos pilares da marca  que, em janeiro deste ano, já doou os lucros para a recuperação das áreas afetadas pelos incêndios na Austrália”, lê-se no comunicado enviado pela marca.

As t-shirts da marca são feitas de algodão 100% orgânico, a tinta usada para as estampagens é feita à base de água, sem produtos químicos, garante a Thidols, e têm certificação ambiental (PETA Vegan Approved, STANDARD 100 by OEKO-TEX e FAIR WEAR Foundation). Os fornecedores dos materiais também são portugueses.

“Nunca a missão da Thidols fez tanto sentido como no contexto atual, em que existe uma  responsabilidade e espírito de sacrifício coletivo para travar o novo coronavírus, fazendo nascer, com ele, novos heróis”, explica Marta Velho, fundadora da Thidols.

O objetivo da marca é o de mudar a definição de ídolos, pondo o foco em figuras que lutam por causas nobres, como é o caso de Stephen Hawking ou de Greta Thunberg.