É notícia positiva que chega dos Estados Unidos — pelo menos para os 200 inquilinos que terão uma preocupação a menos no mês de abril em pleno cenário de incerteza gerado pela pandemia. Um senhorio de Nova Iorque resolveu isentá-los do pagamento da renda correspondente a este mês. “Quero que toda a gente esteja saudável. É isso”, resumiu Mario Salerno, de 59 anos, à estação NBC que o visitou no bairro em questão e que ajudou a viralizar a história.

Salerno é o proprietário de 80 apartamentos  distribuídos por Williamsburg e Greenpoint e confessa que decidiu avançar com esta decisão depois de alguns dos inquilinos terem manifestado apreensão com eventual cumprimento da mensalidade em causa, já que alguns foram já afetados pelo desemprego. A 30 de março, o senhorio deixou um bilhete na porta principal de cada edifício: “Devido à recente pandemia de Covid-19, que nos afeta a todos, dispenso-vos da renda do mês de abril”, anunciou Salerno, cuja família está ao leme de uma gasolineira desde 1959.

A mensagem afixada pelo senhorio, e partilhada pelo The New York Times

“É um Super-Homem. Um homem maravilhoso”, elogiou uma das beneficiadas pela medida, Kaitlyn Guteski, citada pela NBC, que viu o seu salão de cabeleireiro fechar portas mal o confinamento foi imposto. Não foi a única. O The New York Times, outro dos media que seguiu a história, descreve como “uns dias depois de ter perdido o seu emprego em Março, Paul Gentile estava a despejar o lixo no exterior do seu apartamento em Brooklyn quando reparou num aviso preso na porta”. O mesmo jornal mostrara já como este mês podia deixar já cerca de 40% dos inquilinos de Nova Iorque incapazes de pagar esta despesa fixa.

Quanto ao bom samaritano, insiste que para ele “o mais importante é a saúde das pessoas e a preocupação em conseguirem pôr comida na mesa. Não se preocupem comigo, preocupem-se com o vosso vizinho e com a vossa família”, acrescenta Salerno, esperando que outros senhorios que o possam fazer sigam a mesma decisão, algo que vai acontecendo, como reuniu o canal NBC.