A EDP fixou esta terça-feira o preço de obrigações “verde” a emitir em 750 milhões de euros, com vencimento em abril de 2027, a uma taxa de 1,719%, segundo um comunicado da elétrica à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A EDP — Energias de Portugal S.A. (“EDP”) fixou hoje o preço de uma emissão de títulos representativos de dívida (‘notes’) no montante de 750.000.000 euros com vencimento em abril de 2027, cupão de 1,625%, a que corresponde uma ‘yield’ de 1,719%”, pode ler-se no comunicado esta terça-feira enviado à CMVM.

De acordo com a empresa liderada por António Mexia, “as ‘notes’ serão emitidas ao abrigo do programa de emissão de títulos de dívida “Programme for the Issuance of Debt Instruments (MTN)” da EDP e EDP Finance BV e serão admitidas à negociação na Euronext Dublin”, na Irlanda.

Esta emissão destina-se ao financiamento ou refinanciamento, no todo ou em parte, do portfólio de projectos “Green” [verdes] elegíveis do grupo EDP, que consiste em projetos renováveis — eólicos e solares”, adianta a EDP.

A operação tem como parceiro o Barclays, BBVA, BofAML, Citi, Commerzbank, HSBC, ICBC, ING, J.P. Morgan e Société Générale, tendo o Caixa BI como “co-lead manager”.