Depois de ter sido adiado, dado o risco de propagação do novo coronavírus, a edição de 2020 do IndieLisboa — Festival Internacional de Cinema já tem nova data. Terá início a 25 de agosto e vai decorrer até 5 de setembro, naquelas que são as salas habituais: Cinema São Jorge, Culturgest, Cinema Ideal e Cinemateca Portuguesa. Nesta última, as sessões estarão sujeitas a alterações, uma vez que a própria instituição está habitualmente encerrada ao público durante o mês de agosto.

Com arranque previsto para o dia 30 de abril, data em que será divulgada a programação completa, a 17ª edição do festival sofre assim um reagendamento de quatro meses. A organização acabou por pôr de parte a possibilidade de adaptar o festival a um formato exclusivamente virtual.

“Pensando no esforço e dedicação de toda a equipa ao longo do último ano para a concretização desta edição, a possibilidade de o fazer num formato digital não corresponderia às nossas expectativas, nem às do público. Organizar um festival é exibir filmes e ter um contacto direto com o nosso público, os cineastas e os restantes profissionais, criando momentos especiais de partilha e comunhão para a discussão de diferentes pontos de vista”, afirmou a organização em comunicado.