Mais de 61 mil alunos participaram no Plano de Incentivo à Leitura (PIL) na rede de Ensino Português no Estrangeiro (EPE) no ano letivo 2018/19 e em 2019, que vai ser adaptado devido à Codiv-19, foi esta quarta-feira anunciado.

Em comunicado, o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua divulgou os dados de execução do PIL em 2018-2019 e 2019, os quais “permitem constatar a consolidação e boa execução deste projeto na rede de EPE, visto que, no geral, superam os bons resultados do ano anterior”.

De acordo com este instituto público tutelado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, participaram nas atividades do PIL 61.279 alunos, em toda a rede EPE, mais 6,4% que no ano anterior.

As Coordenações de Ensino Português no Estrangeiro (CEPE) que registaram maior número total de alunos envolvidos nas atividades foram a de França (34.909), seguindo-se a de Espanha/Andorra (5.638), Estados Unidos (4.818), Reino Unido (4.564) e a do Luxemburgo (4.070).

Em relação aos professores, as CEPE fizeram registo de 1.887 participações de docentes nas atividades do PIL, em toda a rede EPE, verificando-se um aumento de 17,5% em relação ao ano anterior.

Registaram um maior número total de professores envolvidos nas atividades as CEPE dos Estados Unidos (452), França (409), Luxemburgo (307), Espanha/Andorra (266), Reino Unido (175) e Suíça (117).

Neste balanço da execução do PIL, o Camões dá conta de 42 bibliotecas enviadas para a rede EPE, constituídas por títulos de literatura de expressão portuguesa, e de 12 bibliotecas enviadas para Centros de Língua Portuguesa (CLP), com literatura de expressão portuguesa e títulos de didática.

Foram ainda registadas 1.110 iniciativas de realização de ações de promoção da leitura (aumento de 5,1% face ao ano anterior).

Apenas as visitas de escritor à rede EPE registaram neste período uma diminuição: 34 (menos 2,9%).

Foram registadas 1.110 atividades propostas pelo PIL, em toda a rede EPE, o que significa um aumento de 5,1% em relação aos registos do ano anterior.

As CEPE com maior número de realizações de atividades foram a de França (377), Luxemburgo (185), Espanha/Andorra (150), Reino Unido (150) e Suíça (105).

O PIL tem como principais finalidades promover a criação de hábitos de leitura e divulgar autores e obras de literatura de expressão portuguesa.