A sirene do quartel dos Bombeiros de Portimão vai passar a tocar sempre que alguém andar a circular na rua sem justificação, “colocando em risco a saúde comum”, anunciou a autarquia em comunicado.

Segundo a Câmara Municipal de Portimão, “a sirene será acionada quando forem reportadas situações de pessoas a mais nas ruas, em clara desobediência à quarentena em vigor, e deverá ser entendida como uma indicação expressa de recolher a casa”. A par desta iniciativa, os bombeiros irão divulgar “mensagens sonoras que pedem às pessoas para ficarem em casa, evitando saídas desnecessárias que poderão pôr em perigo as suas vidas e dos familiares”.

Já na Avenida Tomás Cabreira, na Praia da Rocha e na zona ribeirinha da localidade, os altifalantes das Sirenes de Alerta de Tsunami serão usados para passar mensagens gravadas, em português e inglês, que apelam aos habitantes que fiquem em casa.

“Esta é a mais recente medida adotada pelas autoridades locais, no sentido de reforçar a atual campanha de sensibilização dos cidadãos para a gravidade da pandemia da Covid-19, cuja eficácia preventiva passa pelo auto isolamento em casa”, apontou ainda a câmara.

O Algarve é uma das regiões com menos casos em Portugal. Segundo os dados divulgados nesta quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS), existem 251 casos confirmados. O novo coronavírus provocou até ao momento oito mortos na zona.