Há mais três casos de infeção pelo novo coronavírus entre os hóspedes que, no sábado, foram retirados de uma pensão no centro de Lisboa, depois de três pessoas terem testado positivo para a Covid-19, apurou o Observador. A pensão já foi entretanto desinfetada e 72 hóspedes vão poder regressar esta segunda-feira ao local.

A pensão tinha sido evacuada no sábado, após três pessoas que ali estiveram alojadas terem testado positivo e terem sido levadas para o hospital. Os 88 hóspedes que permaneceram na pensão (e não 93 como inicialmente tinha sido avançado pela Câmara de Lisboa) foram encaminhados para um hotel, onde, no domingo de manhã, foram sujeitos a testes de despistagem. Segundo apurou o Observador, destes 88, três deram positivo, embora não apresentem sintomas.

Pensão em Lisboa evacuada após três hóspedes testarem positivo para Covid-19. 93 pessoas encaminhadas para um hotel

Esta segunda-feira, apenas 72 hóspedes vão poder regressar à pensão, que foi desinfetada durante o dia de domingo. Os restantes – os três infetados agora detetados, as pessoas com quem partilharam quarto e outros hóspedes cujo teste deu inconclusivo – vão permanecer, para já, no hotel.

No sábado, Carlos Castro, vereador da Câmara Municipal de Lisboa com o pelouro da Proteção Civil,  disse ao Observador que os três infetados inicialmente detetados estavam“há dias” no hospital, mas não precisou há quanto tempo. “A autoridade de saúde sinalizou o caso, esta manhã [de sábado] reunimos e tomámos esta decisão de evacuação”, acrescentou.

Segundo o vereador, os hóspedes “são pessoas que estão a fazer tratamento em Lisboa”.