Já se sabe que os veículos eléctricos são extremamente rápidos nos primeiros metros. Daí que, para nivelar as probabilidades de vitória com os modelos que recorrem aos motores de combustão, se tenha optado por provas de arranque de ¼ de milha (402 metros) em vez de apenas de 0-100 km/h, onde os segundos não tinham grandes hipóteses contra os primeiros. O quarto de milha, distância onde se supera uma velocidade de 200 km/h, permite um confronto mais equilibrado.

O Lamborghini Aventador S é o melhor que a marca italiana tem para oferecer. O superdesportivo do fabricante que jurou envergonhar (ou pelo menos tentar) os Ferrari pesa apenas 1740 kg, apesar de possuir tracção integral e um motor 6.5 V12 atmosférico com 740 cv, que lhe permite anunciar 350 km/h de velocidade máxima e 0-100 km/h em 2,9 segundos.

Por outro lado o Tesla Model S Performance monta dois motores eléctricos, um atrás com quase o dobro da potência do anterior, que segundo a Carwow atinge 825 cv, apesar de outros especialistas defenderem que o valor se fica pelos 772 cv, persistindo a dúvida uma vez que o construtor não revela o valor exacto.

O eléctrico americano está limitado a 261 km/h, cumprindo 0-100 km/h em 2,6 segundos, o que lhe garantirá vantagem até esta fasquia, pela maior força a baixo regime e maior eficiência a controlar a tracção. A partir daí, o Lamborghini começa a impor o seu menor peso (o Tesla ronda 2316 kg) e, sobretudo, melhor relação peso/potência. Mas quem chegará primeiro à linha dos 402 metros? Veja aqui no vídeo: