Tom Holland, que protagoniza o homem-aranha nos últimos filmes do super-herói da Marvel, popularizou o desafio que está a tornar-se viral nas redes sociais. Chama-se “Handstand Challenge”, em português “o desafio do pino”, e consiste em ficar de pernas para o ar contra uma parede e vestir uma t-shirt. Já há quem mude a fórmula, como a atleta olímpica Simone Biles e a sua versão está a conquistar a Internet. Biles, que ganhou quatro medalhas de ouro em 2016, largou a parede e tirou as calças sem mãos, tudo de pernas para o ar. Objetivo disto tudo? Mostrar as competências atléticas numa época de isolamento social.

[O vídeo que mostra a versão do “Handstand Challenge” que Simone Biles partilhou]

Tudo começou quando Holland começou por fazer o pino contra uma parede e nomeou o ator Jake Gyllenhaal e Ryan Reynolds para fazerem o mesmo. Gyllenhaal cumpriu o desafio, e de forma mais rápida. “Espere. Tom Holland Qual é o desafio??? Respiração intensa sem camisa ??”, brincou ao gozar com o ator com quem contracenou em 2019 (Gyllenhaal fez parte do último filme do homem-aranha). Já Ryan Reynolds brincou com a situação e disse que não fazia o pino.

[Um vídeo que junta as stories de Instagram das primeiras três celebridades a fazerem o “Handstand Challenge”]

Biles não foi a única olímpica a cumprir este desafio originalmente com distinção. Lolo Jones, atleta de corrida de obstáculos, aceitou o Handstand Challenge por iniciativa própria e vestiu duas t-shirts enquanto bebia um copo de vinho. Tudo de pernas para o ar, como partilhou no Instagram e no Twitter.

Os vídeos do “Handstand Challenge” têm sido partilhados por estas estrelas nas contas oficiais que têm na rede social Instagram, detida pelo Facebook, e outras como o Twitter ou o Tik Tok. Utilizando o formato das stories — vídeos curtos que são partilhados durante 24 horas pelos utilizadores –, ou partilha direta de vídeos nas suas páginas da plataforma, estes atores e atletas mostram que cumprem o desafio e escolhem outros utilizadores para fazer o mesmo.

Ao contrário de outros desafios que se popularizaram nos últimos anos nas redes sociais, como o “Ice Bucket Challenge”, que consistia em partilhar vídeos a levar com um balde de água gelada em cima para incentivar as doações para a cura da esclerose lateral amiotrófica, este Handstand Challenge não tem por detrás um propósito semelhante.

Como conta o The New York Times, os desafios virais que têm surgido durante esta época de isolamento social têm sido um pretexto para manter-nos ocupados. Se for como Ryan Reynolds e um pino for algo a que diga “não”, há também o “draw something”, que leva os utilizadores a incentivar outras pessoas a, como diz o nome traduzido em português, “desenhar alguma coisa”.