A editora portuguesa Pato Lógico está nomeada para o prémio de melhor editora europeia, revelou esta terça-feira a Feira do Livro Infantil de Bolonha, em Itália.

Apesar de ter cancelado a edição deste ano, por causa da pandemia da Covid-19, a organização da feira decidiu manter algumas iniciativas, que poderão decorrer “online”, pondo em contacto centenas de editores, autores e ilustradores de todo o mundo. Uma das iniciativas é a manutenção dos prémios que a feira criou em 2013 para reconhecer projetos editoriais de livro ilustrado e para a infância e juventude, em diferentes áreas geográficas.

Este ano, para o prémio de melhor editora europeia estão nomeadas a Pato Lógico (Portugal), a Camelozampa (Itália), a Éditions Mijade (Bélgica), a Liels un Mazs (Letónia) e Samokat Publishing House (Rússia). A Pato Lógico, que volta a estar indicada para este prémio, depois de uma primeira nomeação em 2016, celebra em maio uma década.

Foi fundada pelo autor e ilustrador André Letria e tem atualmente um catálogo com cerca de meia centena de livros em vários formatos (livro ilustrado, harmónios, mapas), coleções, de autores portugueses e estrangeiros, e alguns em parceria com a Imprensa Nacional Casa da Moeda.

João Fazenda, Catarina Sobral, André da Loba, António Jorge Gonçalves, Afonso Cruz, José Jorge Letria, Susa Monteiro, André Carrilho, Manuel Marsol e Carolina Celas são alguns dos autores e ilustradores que já publicaram pela Pato Lógico.

O prémio da feira de Bolonha não é monetário, mas os vencedores são escolhidos entre pares, por outras editoras, conferindo reconhecimento internacional na área da literatura e ilustração para os mais novos.

Em 2013, na primeira edição, o prémio da Europa foi atribuído à editora portuguesa Planeta Tangerina. Em 2019 foi atribuído à Orfeu Negro. Além da atribuição dos prémios para editoras, a Feira do Livro de Bolonha irá ainda promover, a partir de 4 de maio numa plataforma digital, as reuniões de negócios editoriais que estavam previstas para a edição deste ano. Estará acessível apenas para editores que estiveram presentes na edição de 2019 e para os que se inscreveram no evento deste ano.