A França registou 417 mortos nas últimas 24 horas em meio hospitalar e 236 mortos nos lares, perfazendo assim um total de 17.920 mortos desde o início da pandemia, anunciou esta quinta-feira fonte oficial. Os números do avanço do vírus em França foram divulgados por Jérôme Salomon, diretor-geral da Saúde.

Desde 1 de março, em meio hospitalar morreram 11.060 pessoas e nos lares foram registados 6.860 óbitos no mesmo período, acrescentou.

Em França há 31.305 pessoas hospitalizadas devido à Covid-19 e 6.248 destes pacientes estão nos cuidados intensivos. Tanto o número de pessoas hospitalizadas como os pacientes em estado grave tem vindo a descer, tendo “estabilizado a um nível muito alto”, considerou Salomon. A França registou até agora 108.847 casos de Covid-19. Dos que foram tratados em hospital, mais de 32 mil foram considerados curados.

Jérôme Salomon indicou ainda que na semana de 30 de março a 05 de abril, foi registado um aumento de mortalidade no país de 58,2%. “É algo que nunca aconteceu em França depois do verão de 2003”, revelou o diretor-geral da Saúde.

O episódio de calor de 2003 provocou cerca de 15 mil mortes em França nos primeiros 15 dias de agosto desse ano. A nível global, a pandemia de Covid-19 já provocou quase 127 mil mortos e infetou mais de dois milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 428 mil doentes foram considerados curados.