Os idosos retirados na terça-feira de um lar ilegal em Famalicão acusaram todos negativo nos testes à Covid-19 e estão esta sexta-feira a ser recolocados noutros lares da região, disse fonte municipal à Lusa.

Antes da retirada, os idosos fizeram os testes de despistagem da Covid-19, tendo entretanto aguardado pelos resultados no centro de acolhimento temporário instalado no Pavilhão Municipal das Lameiras, no âmbito do combate à pandemia.

Todos acusaram negativo, estando esta sexta-feira a ser distribuídos por lares da região.

Na terça-feira, um estabelecimento residencial para pessoas idosas em Famalicão foi evacuado, por as suas condições de instalação e funcionamento revestirem “perigo iminente para a qualidade de vida e para os direitos dos utentes”, segundo disse fonte do Instituto da Segurança Social (ISS).

Foram retirados 10 utentes, sendo que no lar havia um outro idoso, progenitor do proprietário do equipamento.

O ISS refere que o encerramento foi concertado com a Autoridade de Saúde e ocorreu na concretização de um mandado judicial pedido pelo ISS ao Ministério Público.

Um pedido que, ainda segundo o ISS, surgiu por “não ter sido permitido o acesso” da equipa de fiscalização ao edifício, “quando se preparava para realizar uma primeira visita ao equipamento”.