A Mesa Nacional do BE reúne-se este sábado, por videoconferência, estando em debate “as consequências económicas e sociais da crise pandémica e o caminho para responder à crise sem austeridade”, disse à Lusa fonte oficial do BE.

Depois dessa reunião por videoconferência entre os dirigentes bloquistas, está prevista a habitual conferência de imprensa da coordenadora do BE, Catarina Martins, também ela realizada através da internet, por causa da covid-19.

Fonte oficial do BE adiantou à agência Lusa que esta reunião do órgão máximo entre convenções vai debater “as consequências económicas e sociais da crise pandémica e o caminho para responder à crise sem austeridade”.

“A recessão que se avizinha implica clareza de propostas e estratégia. A adoção de medidas contra cíclicas, que recusam austeridade e apostam no investimento e emprego, é o centro desta estratégia”, defende o partido.

Vai ser proposta à Mesa Nacional bloquista a organização de um ciclo de conferências online para discutir estratégias e propostas que respondam à crise sem austeridade, adiantou.

“Este ciclo de conferências, que se deverá realizar no final deste mês, propõe-se juntar especialistas, economistas, ativistas e organizações”, referiu.